sábado, 30 de abril de 2011

Medo

Sinto medo
medo de perder-te
medo de perder-me
perder-me em você
em seus lábios
em meus desejos de possuir-te

Sinto-me amedrontada
tenho medo de tudo 
tudo o que há no mundo
tudo o que há no meu mundo
tenho medo de no fim perder-me
e nunca mais voltar

Nenhum comentário:

Postar um comentário